HOME     COLUNISTAS     QUEM SOMOS     RAÇAS     FOTOS     NOTÍCIAS     CONTATO

   

Notícias
Cuidados com Cães: 10 dicas de saúde para cachorro 08/02/2021 às 13:55:46

Os melhores cuidados com cães são aqueles que vão ajudar o seu cãozinho a ter uma vida mais leve, tranquila, saudável, divertida e equilibrada. Só que nem sempre estes cuidados são evidenciados aos tutores de primeira viagem, de forma que hajam muitas dúvidas sobre como cuidar de um cachorro corretamente para que ele tenha uma vida boa.

Por isso, no artigo de hoje vamos entender melhor como você poderá ajudar o seu cãozinho e ter uma vida leve, equilibrada e plena, de forma que os cuidados sejam sempre levados em consideração. Continue lendo e entenda tudo sobre o assunto.

Cuidados com cães: 10 dicas de saúde para cachorro

Os cuidados com cães começam a partir do momento que você decide adotar um cachorro. Ou seja, você não pode esperar para o cachorro chegar na casa nova para, somente então, começar a cuidar dele. Por mais que a chegada em si do novo amigo representa oficialmente a adoção, é fundamental que você considere vários outros aspectos prévios e também durante a sua jornada de cuidados.

Ter um cão é, também, sinônimo de que sua vida vai mudar. E ela realmente vai, visto que o animal exige diversas coisas de seu tutor, como carinho, atenção e alimentação (que é o básico do básico para que o cachorro tenha qualidade de vida). Só que além disso, é bem importante que você considere estas 10 dicas abaixo, veja só:

 

  1. O estresse e a ansiedade precisam ser amplamente monitorados;
  2. Filhotes exigem alguns cuidados específicos;
  3. Faça o uso de remédios para evitar pulgas e carrapatos;
  4. Vermífugos são importantes e devem ser administrados regularmente;
  5. adestramento canino pode fazer seu cão ter muito mais qualidade de vida;
  6. Observe as pré-disposições a doenças da raça que você adotar;
  7. Hidratação canina é fundamental para manter o organismo sempre em dia;
  8. Escove os dentes do cachorro e cuide da sua higiene bucal;
  9. Mantenha a caderneta de vacinas sempre em dia;
  10. Pratique exercícios regularmente com seu cão;

Para que você possa entender melhor cada um dos pontos abordados acima, vamos explorá-los melhor a partir de agora. Então, continue a sua leitura para ficar por dentro do tema.

O estresse e a ansiedade precisam ser amplamente monitorados

Um dos critérios mais importantes para que possamos ter um cão saudável e feliz, é o fator estresse/ansiedade. Por mais que estas situações são um pouco evidenciadas no cotidiano, é bem comum que os tutores somente tomem alguma atitude depois que o animal já está bastante abalado ou doente. Só que a prevenção, claro, sempre será o melhor remédio.

Algumas coisas fazem o cachorro desenvolver estresse e ansiedade, e todas elas estão ligadas ao comportamento e dia a dia do pet. Quanto mais elementos que tiram a paz do bichinho existirem, maior será o desconforto dele no médio e longo prazo. Fogos de artifício, outros cães latindo na rua, falta de gasto de energia, poucas brincadeiras, falta de liderança e falta de adestramento são alguns dos caminhos para levar um cão a quadros de ansiedade e estresse.

Filhotes exigem alguns cuidados específicos

Se você está adotando o seu primeiro cãozinho e ele, por sua vez, é um filhote, saiba que ele precisará de alguns cuidados extras e muito importantes para que cresça com saúde e muito entusiasmo para brincar e se divertir. Os filhotes geralmente precisarão receber uma vacinação de acordo com a caderneta de saúde que o veterinário indicar. Sem as vacinas, as chances de o animal contrair alguma doença são bem grandes, e você não quer isto, não é mesmo?

Além das vacinas, você precisa comprar uma ração específica para filhotes, de forma que eles possam receber todos os nutrientes que a idade pede. 

Faça o uso de remédios para evitar pulgas e carrapatos

Um dos cuidados com cães que tutores muitas vezes acabam esquecendo, são as administrações de remédios para evitar pulgas e carrapatos. As pulgas e carrapatos são muito comuns em animais, principalmente aqueles que não recebem os cuidados devidos em sua propriedade, caminho e recinto em geral.

Sempre que você elabora um processo de eliminação de pragas como as pulgas ou carrapatos, você proporciona uma vida mais leve e tranquila para seu cão. E não apenas do ponto de vista de conforto. Mas também, de saúde, visto que estes parasitas não só incomodam na pele, como também transmitem várias doenças graves, como a paralisia do carrapato.

 

Vermífugos são importantes e devem ser administrados regularmente

Outra dica bem importante para cuidar da saúde do seu cachorro, é a vermifugação. Oferecer as doses corretas de vermífugos para o cão, vai fazer com que ele não desenvolva nenhum tipo de parasita no organismo que, no futuro, poderia incomodar e até causar outras doenças mais graves e desconfortáveis.

Só que além de simplesmente oferecer o vermífugo para o cachorro, você precisa fazer isso de uma maneira regular. Ou seja, dar somente uma vez não vai adiantar. É preciso manter uma rotina de vermifugação, de acordo com a recomendação do veterinário. Isso vai depender, também, no convívio do animal em locais externos, como parques ou com outros amiguinhos.

O adestramento canino pode fazer seu cão ter muito mais qualidade de vida

Todos os tutores que estão pensando em adotar um cachorro deveriam, também, pensar em fazer um adestramento. O adestramento canino muitas vezes é tido como algo acima da média ou mesmo desnecessário, sendo visto até como frescura por alguns tutores. Só que isso não é verdade e tampouco é benéfico para o cão. O adestramento nada mais é do que um conjunto de atividades para que o cachorro não se sinta ansioso ou estressado.

Ele aprende comandos e, acima de tudo, aprende a respeitar o tutor, de modo que o cão entenda que tem um líder e que precisa respeitar e seguir este líder (no caso, o tutor). Este tipo de atividade vai deixar seu cãozinho feliz, equilibrado e muito satisfeito com o dia a dia. 

Observe as pré-disposições a doenças da raça que você adotar

Independentemente da raça de cachorro que você vai adotar, saiba que você precisa aprender tudo (e mais um pouco) sobre ela. Cada raça é única e requer cuidados igualmente únicos. Ou seja, você não pode simplesmente adotar medidas universais, como se todos os cães fossem únicos, pois isso não vai funcionar e o seu pet poderá desenvolver condições que poderiam ser evitadas com informação e conhecimento.

Por exemplo, um pug é um cão braquicefálico. Ele tem dificuldades para respirar e não consegue manter um ritmo intenso de respiração, como um cão esportista, por exemplo. Então, você não vai querer levar o seu pug para correr sabendo desta condição, não é mesmo? E este tipo de análise você precisa fazer com todas as raças (pug foi apenas um exemplo), pois cada uma delas vai ter necessidades específicas.

Cuidados com Cães – Hidratação canina é fundamental para manter o organismo sempre em dia

Mais um dos cuidados com cães que todos os tutores devem ter, é o fator hidratação. É muito importante oferecer água em abundância para seu cão, pois a hidratação é o que vai fazer o organismo dele trabalhar de forma equilibrada e saudável. A água é poderosíssima em um processo de digestão ou mesmo de condução de nutrientes pelo corpo. E se o animal está desidratado (sede já é desidratação), as chances de ele contrair problemas são maiores.

Se você vai levar seu cão para passear, nunca deixe de levar uma garrafinha de água para você e para ele. Em casa, estimule o animal a beber água com métodos de reforço positivo, pois este comportamento (de beber água) vai fazer o cão ter uma vida muito mais saudável lá na frente, no longo prazo.

Cuidados com Cães – Escove os dentes do cachorro e cuide da sua higiene bucal

O que muitos tutores nem imaginam, é que o cão também precisa escovar os dentes. E esta não é uma das tarefas mais fáceis do mundo, principalmente se o animal nunca fez. Portanto, recomendamos que você busque mais informações de como manter a higiene bucal do seu cãozinho sempre em dia, pois a boca pode prover várias bactérias maléficas para a saúde do doguinho.

casal com seu cachorro

Casal com seu cachorro – Foto: Freepik

Cuidados com Cães – Mantenha a caderneta de vacinas sempre em dia

Vacinar é fundamental. Todos aqueles cães que são vacinados vão ter uma tendência muito menor de ter ou repassar doenças que podem ser evitadas (pois a ciência já conseguiu controlá-las). Portanto, não hesite em manter a caderneta de vacinas do seu doguinho sempre em dia, de forma que você leve-o para realizar os procedimentos sempre dentro do prazo.

Quem poderá ajudar nisso, é o veterinário. Ele com certeza vai indicar um período para as vacinas, principalmente aquelas que são dadas quando o cão ainda é um filhotinho. Vacinar o cão pode ser algo ruim de se ver (pois o cãozinho pode chorar e a gente não gosta de vê-lo chorar). Mas para a saúde dele é fundamental.

Cuidados com Cães – Pratique exercícios regularmente com seu cão

E por fim, não podemos deixar de mencionar a importância dos exercícios físicos. É a partir dos exercícios físicos que poderemos manter a saúde do cachorro sempre em dia, de forma que o organismo dele possa desenvolver defesas e resistências para determinadas situações. Além disso, os exercícios físicos também ajudam a combater doenças, como a diabetes canina ou até mesmo doenças de ossos, como a artrose canina.

Agora que você já teve algumas boas dicas e ideias para cuidar bem do seu doguinho, não hesite em oferecer a ele uma vida repleta de bem-estar e de cuidados, para que ele possa, definitivamente, ser feliz ao seu lado. Lembre-se sempre de levá-lo ao veterinário, brincar bastante, gastar muita energia, oferecer uma alimentação de qualidade e nunca deixá-lo sozinho por tempo demais.

 

 

 

 

Por: Camila Da Silva

Fonte: (Portal do Dog)






ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Animais de estimação transmitem Covid-19 para humanos? Veja tira-dúvidas sobre a doença nos pets
24/02/2021 às 12:51:21

O que fazer no caso de uma intoxicação
09/02/2021 às 14:07:58

Acromegalia em gatos: sintomas e tratamentos
09/02/2021 às 13:55:47

Cachorro para pessoas idosas – Por que um idoso deveria ter um cãozinho?
08/02/2021 às 14:11:45


© Canil Garra 2021. Todos os direitos reservados. Webmail

E-mail: contato@canilgarra.com.br

Fale Conosco