HOME     COLUNISTAS     QUEM SOMOS     RAÇAS     FOTOS     NOTÍCIAS     CONTATO

   

Notícias
Cachorro com câncer de pele: Como tratar? Como prevenir? 01/02/2021 às 20:12:17

Muita gente não sabe, mas o cachorro com câncer de pele pode ser uma realidade! E aqui você vai se informar sobre as causas, sintomas, tratamento e como prevenir a doença. Quando se ouve a palavra “câncer” ficamos preocupados, ainda mais ocorrendo nos cachorros, o melhor amigo de muitos tutores.

Conhecido também com neoplasia, o câncer de um modo geral ocorre pelo crescimento e multiplicação anormal das células, sendo causado por diversos fatores. Neste sentido, existem formas de se prevenir o câncer, até mesmo nos cachorros, e isso envolve algumas atitudes dos tutores.

Cachorro com câncer de pele – Como tratar?

O cachorro com câncer de pele pode sofrer muito com os sintomas da doença, sendo este tipo de neoplasia um dos mais comuns. Contudo, saiba que não existe apenas um tipo de câncer de pele no cachorro, pois ele pode ter origem em várias células do corpo canino.

E nesta lista de variedades de tumores de pele, estão: Adenoma perianal, Carcinoma de células escamosas, mastocitoma, melanoma, entre outras. Sendo assim, as características de cada tipo da doença podem ser variadas, causando sintomas diferentes. Mas saiba que sempre há uma alternativa de prevenção. Vamos entender melhor a partir de agora.

Principais causas do câncer de pele nos cachorros

Muitas pessoas acreditam que expor demais ao sol é uma das causas do câncer de pele em humanos, e sim, elas estão certas, mas nos animais essa não é a única causa. Um grande influenciador de câncer de pele nos cachorros é a predisposição genética, porém, a exposição excessiva do sol também se torna um vilão.

Sintomas do câncer de pele em cães

Apesar de uma doença silenciosa, muitas vezes os tumores de pele nos cães podem trazer também alguns sintomas, que destacamos abaixo.

  • Sangramentos;
  • Nódulos na pele;
  • Mudanças no aspecto e aparência na pele do cachorro (cor e feridas que demoram para cicatrizar);
  • Secreções em partes do corpo do animal.

Por isso, o tutor sempre deve ficar atento aos sintomas que citamos acima, incluindo as mudanças de humor e comportamento do cãozinho.

 

Como é feito o diagnóstico e tratamento?

O primeiro passo para diagnosticar o câncer de pele no cãozinho é detectar os sintomas, levando ao veterinário para uma avaliação clínica. Feito isso, o profissional poderá solicitar alguns exames, inclusive a biópsia que é bem importante para o diagnóstico da doença.

Já o tratamento, por sua vez, pode ser feito através de cirurgia de remoção da área afetada pelo tumor, além de intervenções medicamentosas, quimioterapia e radioterapia. Vale salientar que o tumor de pele nos cães possui cura, principalmente quando é descoberto logo no início da doença, sendo que o tratamento pode ser eficaz.

câncer de pele em cachorro

Cachorro no sol – Foto: Freepik

 

Como prevenir o câncer de pele nos cachorros?

Além de ficar atento aos sintomas da doença, saber como prevenir o câncer de pele nos cachorros é fundamental. Por isso, leia atentamente as dicas abaixo a partir de agora.

Cuidados com as exposições ao sol

Um dos principais cuidados que previnem o surgimento de câncer de pele no cachorro, são as exposições ao sol em horários como das 10h às 16h da tarde. Assim como nos humanos, esse horário é bem perigoso para os cachorros. Por isso, previna evitando passear com o doguinho nesses horários.

Porém, se o animal fica mais tempo no quintal, invista em uma cobertura como abrigo e também o uso de protetor solar para cachorro.

Visitas ao veterinário regularmente

E claro, outro ponto importante acerca de prevenção do câncer de pele nos cães são as visitas regulares ao veterinário. Sendo assim, é importante ter um profissional de sua confiança para tirar todas as dúvidas, fazendo avaliações que possam indicar doenças que podem ser curadas quando descobertas no início.

Não deixe de sempre verificar se existem sintomas no seu amiguinho para poder tratar a doença com antecedência, mas sem abrir mão das dicas de prevenção. O câncer de pele em cães, infelizmente, é uma realidade. E ele pode surgir de diversas formas, com diversos sintomas diferentes. Então, toda atenção é pouca.

 

 

 

 

Fonte: (Portal do Dog)






ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Animais de estimação transmitem Covid-19 para humanos? Veja tira-dúvidas sobre a doença nos pets
24/02/2021 às 12:51:21

O que fazer no caso de uma intoxicação
09/02/2021 às 14:07:58

Acromegalia em gatos: sintomas e tratamentos
09/02/2021 às 13:55:47

Cachorro para pessoas idosas – Por que um idoso deveria ter um cãozinho?
08/02/2021 às 14:11:45


© Canil Garra 2021. Todos os direitos reservados. Webmail

E-mail: contato@canilgarra.com.br

Fale Conosco