HOME     COLUNISTAS     QUEM SOMOS     RAÇAS     FOTOS     NOTÍCIAS     CONTATO

    Rede Aleluia cachorro_mexendo_rabo_1

Notícias
Hidratação canina – Tudo que você precisa saber 19/02/2020 às 20:55:43

Você sabe o quanto a hidratação canina é importante para o animal? Pois bem, no texto de hoje, vamos entender um pouco mais sobre este assunto. Afinal, assim como para nós humanos, a água é um bem precioso e que desempenha inúmeras funções no corpo. A saúde em dia é também sinônimo de uma boa hidratação.

No caso da hidratação canina, é preciso levar alguns pontos em consideração. Afinal, para nós é muito simples pegar uma garrafinha de água e deixar do lado para ir bebendo. Mas, para os cães, é preciso mais. Eles muitas vezes precisam ser incentivados e até gratificados pela ação de beber água.

Afinal, para eles, esta é uma função fisiológica. Ou seja, quando estiverem com sede, vão beber. Quando não estiverem, não vão. Mas, é importante que haja a hidratação inclusive em momentos em que não estão com sede. Pois, como você sabe, a sede nada mais é do que um indício de que o corpo já está em estado avançado de desidratação.

Acompanhe o texto!

Hidratação canina

Foto: Freepik

Hidratação canina – Qual a importância?

A hidratação canina, como você já percebeu, é fundamental para o cão. É ela que mantem o corpo funcionando do jeito certo e com todos os órgãos trabalhando no mesmo ritmo (sem forçar e sem perder energia). Principalmente em dias de calor extremo, mandar água para o organismo é imprescindível.

Talvez você já tenha percebido o seu cão com a língua de fora enquanto respira, não é mesmo? Pois bem, entre outras coisas, isto significa que ele está com muito calor. E, se está com muito calor, ele está se desgastando e perdendo nutrientes para manter o corpo ligado.

As ondas de calor são frequentes e você precisa preparar seu cãozinho para recebê-las. E isto não acontece da noite para o dia. Principalmente, quando precisamos fazer com que eles se hidratem. É preciso ensiná-los e, acima de tudo, condicioná-los para que possam beber água de forma contínua. Eles precisam gostar.

Afinal, sabemos que a água no corpo desempenha funções vitais. Como já mencionamos, o sintoma da sede é apenas um indício de que o corpo já está muito defasado. E isto não pode acontecer de maneira alguma. Por isso, acompanhe as dicas de como manter uma boa hidratação canina.

1- As vasilhas precisam estar em lugares visíveis e com água fresca

Esta talvez seja uma das dicas mais simples, mas que muita gente não faz. As vasilhas de água precisam estar em locais de fácil acesso e visíveis! É isto que fará o cão “lembrar” de tomar água durante o dia. Caso contrário, ele poderá nem sentir falta. Ou, pelo menos, não saberá como “dizer” para você que está com sede.

Por isso, é fundamental que você mantenha as vasilhas em locais que o cão trafegue durante o dia. O ideal é que você tenha uma vasilha de água portátil (ou algumas) para poder experimentar novos locais de forma simples, sem precisar perder tanto tempo com o processo.

Outro ponto, é não ter apenas uma vasilha. Tenha duas, três ou até quatro, dependendo do tamanho da sua casa. Um cão pode enjoar do mesmo lugar e, quando perceber algo novo, vai querer experimentar. Isto funciona como uma forma de incentivo. Além de que otimiza os espaços e garante que ele tenha água onde for.

Quase ia esquecendo: a água precisa ser sempre fresca, ok?

Hidratação canina

Foto: Freepik

2- Experimente alternativas como a água de coco

A água de coco pode ser uma excelente alternativa para aqueles cães que estão enjoados de água. E acredite: isto vai acontecer. Infelizmente, não podemos dizer a eles o quão importante é para a saúde beber água. Por isso, você precisa encontrar alternativas para driblar estes momentos de enjoo do animal.

E uma das formas mais eficientes de fazer isso, é testar a água de coco. Além de ser docinha e saborosa, os cães adoram uma alternativa diferente. A curiosidade fará com que eles experimentem e, consequentemente, se hidratem. Além disso, a água de coco possui função isotônica, o que ajudará muito na saúde deles.

Mas é importante entender que a água de coco não é substituta permanente da água natural, ok? A hidratação canina precisa acontecer de forma que mantenha-se um equilíbrio entre as vias e métodos. E a água ainda é a melhor forma.

Veja também: Cachorra tenta beber água do iPad

3- Sorvetes para cachorros podem funcionar

Você já ouviu falar dos sorvetes para cachorros? Sim, eles existem. São os chamados Ice Pets e são uma das alternativas mais incríveis para fazer com que a hidratação canina aconteça naturalmente. Além disso, o cachorro vai adorar receber este mimo, pois o sabor será agradável e ele se sentirá muito feliz.

Mas, preste atenção: é fundamental que você compre produtos destinados a cães, ok? Nunca dê sorvetes convencionais para os cães, pois eles podem ter problemas sérios de saúde. O que é feito para nós, humanos, não pode ser dado para os cães. Principalmente estes alimentos industrializados.

4- Caso for passear, leve sempre uma garrafinha de água junto

A hidratação canina deve acontecer, inclusive, fora de casa. Leve sempre com você uma garrafinha de água durante os passeios para que possa oferecer ao animal. Principalmente em dias quentes! É nestes momentos que o cão mais vai precisar beber água e você será o responsável para que ele consiga.

Há também locais que oferecem torneiras “a céu aberto”. E isto pode ser uma alternativa interessante para que seu cachorro se hidrate. Mas, lembre-se de manter sempre a higiene: leve uma garrafinha para poder captar a água e não deixe o cão colocar a boca ou beber direto da torneira.

5- Evite o desgaste do animal em dias extremamente quentes

Uma das suas responsabilidades ao adotar um cão, é fazer com que ele sinta-se confortável e tranquilo. E isto também deve ser levado em consideração para os dias quentes. Nestes dias, você precisa evitar o máximo possível a prática de exercícios desgastantes e muito intensos.

Mas, isto não quer dizer que você deva deixar o cão confinado e acumulando energia, ok? Você pode sair em momentos mais fresquinhos e com menos incidência do sol. Mas, claro, sempre hidratando e proporcionando momentos de refrescância para o animal.

cão bebendo água

Foto: Freepik

6- Quando o cão beber água, faça elogios para que ele condicione-se a isto

E, por último, talvez uma das formas mais importantes de você condicionar seu cão a alguma ação ou atitude: elogios. É desta forma que um treinamento ou adestramento canino acontece, com condicionamentos. Quando você condiciona seu animal a fazer algo e ele sente que receberá algo em troca, a tendência é ele repetir sempre.

Além de elogios (que eles adoram), toda vez que o cão beber água, você poderá experimentar o oferecimento de algum biscoito canino em troca da ação dele. Assim, ele se condicionará a entender que toda vez que ele beber água, receberá algo que gosta em troca. É assim que funciona a mente deles.

Manter o equilíbrio é importante. E por isso, é fundamental que você estipule uma quantidade máxima de biscoitos por dia, para o cachorro não engordar ou perder saúde por este motivo.

 

 

 

 

Fonte: (Portal do Dog)






ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Gripe canina e a mudança de clima: uma realidade que não dá pra evitar
08/04/2020 às 20:14:31

6 dicas para tirar cheiro de xixi de cachorro da casa
08/04/2020 às 19:47:50

Como tirar o cheiro de cachorro da casa
08/04/2020 às 19:45:40

Veterinários poderão atuar no enfrentamento à pandemia de Covid-19
02/04/2020 às 20:09:33


© Canil Garra 2020. Todos os direitos reservados. Webmail

E-mail: contato@canilgarra.com.br

Fale Conosco