HOME     COLUNISTAS     QUEM SOMOS     RAÇAS     FOTOS     NOTÍCIAS     CONTATO

    Anuncie

Notícias
O Braco de Weimar ou Weimaraner 21/05/2018 às 20:54:32

O Braco de Weimar é um cão atlético, ágil e com um porte elegante, e cuja a cor da pelagem nos lembra um veludo. Tem um olhar inteligente e sempre vigilante: atrás desses olhos vivazes se esconde uma raça de cão com uma grande personalidade. A seguir, contaremos tudo sobre o Braco de Weimar.

História do Braco de Weimar

Especula-se sobre qual é a origem do Braco de Weimar, mas a única coisa que se sabe é que sua criação sempre foi feita por caçadores alemães. Sua linhagem de sangue se mantem pura desde antes de começarem a criar as outras raças de cães, devido a seu grande valor como cão caçador. Na verdade, dizem que a raça se mantém pura, sem cruzar com outras raças, desde 1900.

Temos que destacar que, com o passar do tempo, ele também foi usado para a caça de presas pequenas. Esse foi o momento no qual ele se transformou em um cão apontador, e atualmente a Federação Cinológica Internacional (FCI) o classifica dentro do Grupo 7.

Hoje em dia o Braco de Weimar é um cão extraordinariamente cheio de energia e inteligente. São cães de resgate, de caça e de competição esportiva, ainda que também sejam animais de estimação encantadores e bem-vindos em muitos lares.

Braco de Weimar

Fonte: Ranveig

Características

O Braco de Weimar é uma raça de tamanho médio puxando para grande. Os machos medem entre 60 e 70 centímetros em cruz, enquanto as fêmeas ficam entre os 55 e os 65 centímetros. Quanto ao peso, ambos os sexos estão entre os 25 e os 40 quilos.

Isto faz do Weimaraner um cão esbelto e de aparência ágil, pois é magro e, ao mesmo tempo, forte e musculoso. Em proporção, seu corpo é ligeiramente mais longo que alto e seu nariz também é alongado em relação ao tamanho do crânio, enquanto a depressão deste é um pouco pronunciada. O peito é profundo, mas um pouco largo, o que o ajuda a ter essa imagem de cão forte e atlético ao mesmo tempo.

 

Também vale destacar que suas orelhas são chamativas, largas e longas, caídas para os lados da cabeça, como ocorre com outras tantas raças de cães apontadores.

Mesmo assim, o tipo mais conhecido deste tipo de Braco é o de pelos curtos e de cor acinzentada. Desde muito tempo, esta variedade se destaca por sua beleza e aspecto macio, apesar de que, na realidade, tem o pelo duro e denso.

Não podemos nos esquecer de que há outras variantes de pelo longo: sua pelagem é mais macia, e as partes com pelos mais compridos são as orelhas, o rabo e a parte inferior do corpo (entre o pescoço, o peito e a barriga). Este Braco, por sua vez, pode ser de cor cinza, corça ou cinza azulada (prata).

Para que a FCI reconheça um cão de raça ele deve demonstrar uma prova de trabalho, de modo que, para que esta raça seja catalogada como tal, não deve apenas cumprir com os padrões de aparência.

Comportamento

O Braco de Weimar é um cão versátil que se adapta a muitos tipos diferentes de trabalho. Trata-se de um cão facilmente adestrável e, se sua educação for feita corretamente, terá grandes resultados.

Além disso e como ponto positivo, devemos saber que ele é um cão sociável e carinhoso com sua família, ainda que possa ser tímido ou desconfiado com desconhecidos. Por este motivo, é especialmente importante trabalhar sua socialização quando filhote. Também são bons vigilantes, ainda que não apresentem agressividade enquanto vigiam sua casa.

Outra qualidade pela qual o Braco de Weimar se destaca é por sua grande inteligência, o que se une ao fato de que é um cão muito cheio de energia, por isso, precisa de muito exercício mental e físico. A raça também é utilizada em unidades de resgate e emergências e em esportes caninos, como o Agility.

Braco de Weimar durante competição de salto

Fonte: Rum Armstrong

No entanto, seu instinto de caça se aflora com facilidade, por isso o uso de brinquedos que incitem a perseguição e ‘caça’ são desaconselháveis. Ele também adora procurar e seguir rastros de cheiro.

Costumam ser cães tremendamente felizes e equilibrados no campo ou em pequenas cidades, mas não desfrutam da vida nas grandes metrópoles. As cidades apresentam muitos estímulos para um cão que está sempre disposto a trabalhar ou caçar, ao mesmo tempo que oferecem pouca estimulação de tipo mental.

Nesse sentido, desenvolver a inteligência do Weimaraner é essencial para seu bem-estar. Além disso, com pouco espaço por onde possam correr e farejar, como faria durante uma caça em um bosque, ele pode se entediar.

Então, a família ideal para um Braco de Weimar feliz é aquela que gosta de sair e de dar longos passeios com seu cão. Em nenhuma hipótese ele pode ser considerado um cão de apartamento e nem de metrópoles, ainda que possa vir a se adaptar.

Cuidados

O pelo curto do Weimaraner faz com que seja muito fácil cuidar e mantê-lo limpo. Basta uma escovação semanal que durante as épocas de troca de pelagem –primavera e outono– deverá ser intensificada para se retirar o pelo morto.

Quanto às doenças, não existem muitas que sejam habituais nesta raça, ainda que os problemas mais comuns sejam a hemofilia A, problemas nas pálpebras e de coagulação do sangue. Portanto, esses cães devem visitar com regularidade o veterinário para prevenir os problemas de saúde próprios de raças grandes e de orelhas caídas: displasia de quadril, ácaros, fungos, problemas oculares e infecções nos ouvidos.

Como é um cão que gosta de andar por bosques e áreas verdes, devemos ter cuidado com os espinhos fincados nas almofadinhas, bem como estar atento a sua desparasitação interna e externa.

Como vimos, o Braco de Weimar é um cão que se destaca por seu interior e também por seu exterior. É belo e, ao mesmo tempo, inteligente e trabalhador, portanto, se você puder lhe oferecer o trabalho mental e físico que ele demanda, seu Weimaraner fará você feliz durante muitos anos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: (Meus Animais)






ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Esquilo cinzento: conheça todas as suas características
14/08/2018 às 23:16:47

Filariose canina: causas e tratamento
14/08/2018 às 23:12:18

3 receitas de sorvetes para cães
14/08/2018 às 23:10:02

Cachorro na corrente: Covardia sem limites
08/08/2018 às 20:35:20


© Canil Garra 2018. Todos os direitos reservados. Webmail

E-mail: contato@canilgarra.com.br

Fale Conosco