HOME     COLUNISTAS     QUEM SOMOS     RAÇAS     FOTOS     NOTÍCIAS     CONTATO

    Rede Aleluia

PARASITAS
Qual é o melhor antiparasitário externo? 09/06/2020 às 22:39:46

Ao adotar um animal de estimação, nos tornamos responsáveis ​​por sua saúde e cuidados. Além de oferecer comida adequada e todo o nosso amor e atenção, também é importante levar em consideração alguns cuidados preventivos de saúde. Portanto, hoje vamos falar sobre qual é o melhor antiparasitário externo.

Entre essas atenções necessárias estão, obviamente, as vacinas, mas também a desparasitação periódica, interna e externa, que são realmente indispensáveis.

A desparasitação deve ser capaz de prevenir e combater efetivamente os parasitas que podem afetar nosso animal de estimação. É por isso que você deve sempre escolher os melhores produtos, de qualidade e eficiência comprovadas.

Os parasitas externos dos animais de estimação

Os parasitas externos dos animais de estimação são aqueles que vivem na pele ou no pelo do animal. Os mais comuns são as pulgas, piolhos, carrapatos e insetos voadores. A maioria é inofensiva e causa apenas pequeno prurido e desconforto. No entanto, alguns podem causar problemas mais sérios.

O fato de os parasitas de um animal de estimação não serem vistos não significa que eles não existam. Quando há alguns, eles geralmente são difíceis de detectar a olho nu. No entanto, se os parasitas são facilmente visíveis, é possível que a infestação já esteja muito avançada e seja mais difícil de curar.

Perigo dos parasitas externos

Os parasitas podem causar muito desconforto aos animais de estimação. Além disso, a situação pode ser mais ou menos grave dependendo do tipo de parasita e da magnitude da infestação. Geralmente, suas picadas causam coceira e irritação na pelemas também podem causar condições dermatológicas que podem levar a riscos significativos.

Os problemas mais sérios são causados ​​pelas doenças perigosas que esse parasitas podem transmitir, e algumas delas podem até ser fatais.

Os parasitas externos podem ser intermediários de doenças como erliquiose, leishmaniose, filariose, anemia infecciosa felina, entre outras. Essas doenças são transmitidas através da mordida para o hospedeiro final, que são os animais de estimação ou os humanos.

Uma das condições mais comuns dos animais de estimação, causada por parasitas externos, é a dermatite alérgica. Esse problema é causado por uma reação alérgica do animal à picada de um parasita, geralmente as pulgas.

Na pele do animal, essa condição gera grande irritação, o que, por sua vez, faz com que ele se coce sem parar, podendo até causar feridas profundas.

Tipos de antiparasitário externo

Em relação ao problema dos parasitas externos, a melhor atitude é sempre prevenir, pois uma vez que a infestação ocorre, será muito mais difícil acabar com ela. É por isso que é de vital importância o uso periódico de um antiparasitário externo para prevenir parasitas nos cães e gatos.

Antes de escolher um produto, é necessário verificar muito bem contra o tipo de parasita que ele protege e por quanto tempo. Também é importante verificar se o produto contém inseticida e não apenas repelente. Dessa forma, você conseguirá eliminar os parasitas em vez de apenas afastá-los.

No caso dos antiparasitários externos, existe uma grande variedade de produtos. Os principais e mais eficazes são as coleiras, as pipetas e os sprays.

As coleiras antipulgas e antiparasitárias são bastante confortáveis ​​e têm uma duração que varia entre três e oito meses. As pipetas para os parasitas externos são relativamente novas e geralmente exigem uma aplicação mensal. Sua aplicação é fácil e rápida.

Por fim, os sprays antiparasitários externos tem uma ação imediata. Eles são mais recomendados para os animais de estimação que já estão infestados de pulgas, piolhos ou carrapatos do que para evitar possíveis infestações. Sua aplicação requer alguma habilidade e paciência, mas geralmente são muito eficazes.

Como escolher o melhor antiparasitário externo?

No mercado, existe uma grande variedade de antiparasitários externos, com preços diferentes. No entanto, escolher os mais baratos nem sempre é uma boa ideia. Produtos de eficácia e origem duvidosas podem ser prejudiciais ao nosso animal de estimação.

É necessário lembrar que esses produtos são fabricados com substâncias químicas poderosas, por isso é sempre aconselhável consultar o veterinário.

O melhor antiparasitário externo dependerá de cada caso específico. Você terá que considerar se é um cachorro ou um gato, a idade do animal, o local onde você mora (uma área urbana ou rural), a época do ano, etc… E, é claro, é necessário experimentar qual produto é melhor tolerado pelo seu animal de estimação.

 

 

 

Fonte: (Meus Animais)

 

 






ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Vacinação antirrábica começa a partir deste sábado em Belém
23/10/2020 às 13:28:36

Polícia treina cães de faro para encontrar novas drogas em circulação
23/10/2020 às 13:22:50

Van Damme salva cachorro condenado à morte por uso de passaporte falso
23/10/2020 às 13:16:06

Vacinação de cães e gatos contra a raiva, no Recife, começa neste sábado (24)
22/10/2020 às 13:39:34


© Canil Garra 2020. Todos os direitos reservados. Webmail

E-mail: contato@canilgarra.com.br

Fale Conosco